Dicionário de Epidemiologia, Saúde Pública e Zoonoses


Dicionário de Epidemiologia, Saúde Pública e Zoonoses, com as definições dos principais termos utilizados em epidemiologia, saúde pública, saúde animal e zoonoses.

Navegar usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

F

Fase prodrômica

Fase prodrômica é a fase que precede o aparecimento de sintomas de uma dada doença, na qual a maioria dos sinais clínicos são inespecíficos.


Fator de risco

Termo usado pelo menos de duas maneiras diferentes: 1) uma característica, variável ou exposição associada a um aumento na probabilidade de que um evento específico ocorra, como um aumento na frequência de uma doença; tais fatores não são necessariamente causais, sendo também chamados de marcadores de risco; 2) uma característica, variável ou exposição que realmente aumente a probabilidade de que um evento específico ocorra, sendo, portanto, aceita como causal; também chamada de determinante. 

Referência bibliográfica: Glossário de epidemiologia, de E. A. Waldman e S. L. D. Gotlieb, Informe Epidemiológico do SUS. 7: 5-27, 1992.


Fômite

Utensílios que podem veicular o agente etiológico de um hospedeiro a outro.


Fonte de infecção

É o animal vertebrado que alberga o agente etiológico e o elimina para o meio exterior.


http://www.fmvz.unesp.br/paulodomingues/graduacao/aula2-texto.pdf


Foresia

Relação ecológica em que uma espécie de invertebrado, denominada forética, é transportada por outra, fixando-se à sua superfície, para um ambiente mais favorável à colonização e/ou desenvolvimento . 


Referência: Oliveira, C. R. F de.; FaroniII, L. R. D. A.; Raul N.C. Guedes, R. N. C; PalliniI, A.; Gonçalves, J. R. Dispersão de Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) em trigo armazenado, sob condições artificiais. Entomol. vol.35 no.4 Londrina July/Aug. 2006