Dicionário de Epidemiologia, Saúde Pública e Zoonoses


Dicionário de Epidemiologia, Saúde Pública e Zoonoses, com as definições dos principais termos utilizados em epidemiologia, saúde pública, saúde animal e zoonoses.

Navegar usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

Página: (Anterior)   1  ...  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  ...  17  (Próximo)
  Todos

P

Parasitemia

Refere-se a presença de  parasitos na corrente sanguínea de um paciente.
Por exemplo: na fase aguda da doença de Chagas, a parasitemia pode ser muito elevada.

https://www.merriam-webster.com/medical/parasitemia

http://www.parasitologia.org.br/estudos_glossario_P.php


Parasito

Ser vivo que vive associado a outro ser à custa ou na dependência deste, podendo ser prejudicial ou não ao seu desenvolvimento.

Pode ser um ectoparasito (vive externamente ao hospedeiro) ou um endoparasito (vive dentro do corpo do hospedeiro).

fonte: Sociedade Brasileira de Parasitologia - http://www.parasitologia.org.br/



Parasito obrigatório

parasita que é incapaz de viver fora do hospedeiro.

Fonte: http://www.parasitologia.org.br/


Parasito oportunista

quando o parasita usualmente vive no paciente sem provocar nenhum dano (infecção inaparente), mas em determinados momentos se aproveita da baixa resistência (imunossupressão) do paciente de desenvolve doenças graves.

Fonte: http://www.parasitologia.org.br/


Parazoonose

Doença em que o homem é hospedeiro acidental. Aqui, o homem não é essencial para manter o ciclo biológico do agente, diferentemente das Euzoonoses.

Exemplo: Complexo Equinococose-hidatidose.


Patogenicidade

Capacidade de um agente biológico causar doença em um hospedeiro suscetível.


Referência bibliográfica: Glossário de epidemiologia, de E. A. Waldman e S. L. D. Gotlieb, Informe Epidemiológico do SUS. 7: 5-27, 1992.


Patógeno Endêmico

Do Grego en (em) + demos (pessoas), refere-se a uma doença ou patógeno que ocorre em uma determinada região e infecta frequentemente os habitantes desta região.


Fonte


Patognomônico

sinal ou sintoma característico de determinada doença.
Ex.: sinal de Romaña é típico da doença de Chagas.


Fonte: http://www.parasitologia.org.br/estudos_glossario_P.php


Perinatal

De pouco antes a pouco depois do parto.

Na medicina humana, é o período compreendido entre a 28ª semana de gestação e o 7º dia de vida do recém nascido.


Período de incubação

É o período decorrente entre a penetração do agente etiológico e o aparecimento dos primeiros sintomas clínicos. 

Referência bibliográfica:< http://www.parasitologia.org.br/estudos_glossario_P.php>



Página: (Anterior)   1  ...  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  ...  17  (Próximo)
  Todos