Programação

  • Tópico 2

    ICONOGRAFIA MUSICAL

    VÍDEOS DE APOIO

     

    Os filmes abaixo estão disponíveis no Youtube, basta clicar.

    a) Amadeus (filme)


    b) Fantasia (Walt Disney)

     

    Os que faltaram na lista podem ser obtidos em sites Torrent. 

    a) Tous les matins du monde (filme com Gerard Depardieu)
    b) Farinelli (filme)

    Mas tem que ser baixado e para isso devem configurar um programa cliente, como o Utorrent, isto é, um software que se comunica com as bases de dados e faz o Download. 

    Em alguns países os sites Torrent são criminalizados (como no Canadá, por exemplo), no Brasil não, mas tem a dificuldade inicial de entender como funciona e instalar um PROGRAMA CLIENTE (Utorrent, por exemplo, citado acima) 

    Baixa-se paralelamente as legendas (pt-BR) são baixadas também e já vem sincronizadas. 

    Se for o caso me avise que instruo a vocês e disponibilizamos aos alunos.

     

    HANGOUT MEET

    Temos também a possibilidade de fazer uma conexão com até 100 pessoas pelo GmailPlus fornecido pela USP. 

    É um processo simples e seguro, que garante aulas e debates abertos, com som e imagem, em ambiente fechado, isto é, apenas para inscritos e autorizados. 

    É uma possibilidade e se acharem interessante podemos organizar algumas aulas em tempo real. Posso fazer as conexões. Para FALAR com o grupo tem que ter um microfone ligado, nos Notebooks isso é automático, nos computadores desktop precisa plugar um microfone externo.

     

    1) ESCULTURAS SONORAS

    Tem diversos exemplos, anexei também um tema interessantíssimo, com dois exemplos, a MÚSICA DE TRABALHO. Coloquei asterísco (*) nos que acho mais interessantes, mas todos são relevantes. VER LINKS ABAIXO.

     

    a) The singing ringing tree
    Tonkin Liu
    https://www.youtube.com/watch?v=Ve6PTrlLGOU *

    b) Wind Harp - Aeolian Harp on the Irish coast
    The harp is only played by the wind.
    Windharfe - Der Wind weht durch die Saiten und regt sie zum Schwingen an.
    https://www.youtube.com/watch?v=rmP5XaNYlkI

    c) Aeolus at The Eden Project - Acustic Wind Pavilion
    https://www.youtube.com/watch?v=__YdjypIZ_o

    d) Field of Flowers - sound sculpture
    https://www.youtube.com/watch?v=wqfEec9oono

    e) Kinetic Sound Sculpture (Fighting for some space) *
    https://www.youtube.com/watch?v=ebhZXXWV3gg&list=PLMuHZx-dfeWD-VKkF2ujQz0EIc1Y8KlT2

    f) Spill (2007) - Kinetic Sound Sculpture - Erik Griswold
    https://www.youtube.com/watch?v=-DV84tN-Yvc

    g) Sound sculpture - Music of Suspended Elements
    https://www.youtube.com/watch?v=B1bQoTa3xe4&list=PLMuHZx-dfeWD-VKkF2ujQz0EIc1Y8KlT2&index=3

    h) Drumming with FIRE & Water - LED Drum Show (AFISHAL)
    https://www.youtube.com/watch?v=YmEhmKN2AMM
    Obs.: lembra o Circo Orlando Orfei e seu órgão de luzes e água

    i) Birdwirks--Singing birds kinetic sound sculpture
    https://www.youtube.com/watch?v=fyzOW6f3TQQ

    j) Sound Sculpture - "clinamen" at SF-MOMA *
    https://www.youtube.com/watch?v=IsWGk9t_KYE

    2) MÚSICA DO TRABALHO, OU ICONOGRAFIA MUSICAL DO MOVIMENTO

    Incríveis os vídeos, e muito original para nossa disciplina. Abordagem transversal.

     

    a) water drumming *

    Este vídeo foi exposto no ENCONTRARTE e teve um retorno muito bom


    b) Capinando na África *

     


  • Tópico 3

    Artigos e material de consulta e referência on-line

     

     

    1.  Organologia, Construtores e Prática Musical em Diálogo
    Artigo com imagens e comentários interessantes
    https://www.researchgate.net/publication/323638948_Iconografia_Musical_-_Organologia_Construtores_e_Pratica_Musical_em_Dialogo

     

    2.  Iconografia musical na obra de Henri Rousseau
    Imagens e texto analítico bastante apropriados.
    http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1678-53202019000300163&script=sci_arttext&tlng=pt 

     

    3.  La iconografía musical: herramienta para conocer el patrimonio

    Interessante mesa redonda com participação de E. Galdeano e outras pesquisadoras

     

    4.  Iconografia Musical

    Montagem com imagens e sons especificamente sobre nosso tema, a iconografia musical

      

                                                       


    • Tópico 4

      Links de museus on-line (a lista irá sendo atualizada)

      1. Link do Jornal da USP com dicas sobre museus e atividades virtuais. 
      A indicação para o Jornal veio via Profa. Elza Azjenberg.
      https://jornal.usp.br/cultura/cultura-online-para-alimentar-a-mente-e-apaziguar-o-espirito/  

       

      2. MASP EM CASA - Programação do MASP

      Uma programação do Museu de Arte de São Paulo bastante extensa, com diversas mostras e exposições

      https://masp.org.br/eventos/emcasa 

       

      3.  Museu Afro Brasil 
      Parece estranho visitar um museu sem sair de casa, nè? Mas, a partir dessa parceria com a Google, é possível realizar um tour virtual pelos três andares do Museu Afro Brasil. A visita é feita no formato do Google Street View (3D) e permite que caminhemos por todo prédio, acessando os núcleos temáticos, obtendo informações sobre obras, ampliações de imagens, descrições etc.
      Além disso, no tour também estão presentes um conjunto de exposições temporárias, como Sidney Amaral: o banzo, o amor e a cozinha de casa e Arte e Adorno: design e tecnologia no tempo da escravidão.
      https://artsandculture.google.com/partner/museu-afro-brasil  

       

      Abaixo as diversas atividades do MUSEU AFRO, algumas particularmente sintonizadas com nosso curso:

      — Exposição online | O Maracatu e o Guerreiro de Alagoas: Festividades afro-brasileiras
      Com certeza você já teve vontade de visitar Pernambuco e assistir uma apresentação de maracatu! Nessa festividade secular, tradições africanas, europeias e indígenas mesclam-se formando um espetáculo único na cultura brasileira. São músicas, indumentárias, narrativas e personagens que articulam uma comemoração onde reis, rainhas, caboclos, vaqueiros e bois-bumbá se expressam conjuntamente.
      Buscando ampliar e divulgar o maracatu, nessa exposição online é possível encontrar vídeos, mapas, áudios, textos, roupas e diferentes objetos que compõe um de nossos mais reconhecidos patrimônios imateriais.
      https://artsandculture.google.com/exhibit/o-maracatu-e-o-guerreiro-de-alagoas-festividades-afro-brasileiras/EQKCFGxbua7nIQ 

      — Seminário online | João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro
      Como parte das atividades relacionadas ao dia 20 de novembro e ao Mês da Consciência Negra, o Museu Afro Brasil convidou o artista plástico João Câmara, o crítico de arte Tadeu Chiarelli e Emanoel Araujo, diretor do Museu Afro Brasil para a realização de uma conversa em torno dos desdobramentos da exposição João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro.
      Além de reacender pontos importantes da história da arte no país, o seminário também discorreu sobre as produções do artista que dá nome à exposição, um dos mais relevantes da arte brasileira.
       

      — Seminário online | Quilombos e Campesinato negro no Brasil
      Ministrado pelo professor Flávio Gomes (UFRJ) e contando com a participação de representantes de comunidades quilombolas rurais e urbanas, o seminário contará sobre um tema que atravessa a história nacional: a formação e transformação das comunidades quilombolas e mocambos no Brasil. Com um olhar histórico capaz de refletir sobre questões ainda urgentes, o seminário tratou dos quilombos de primeiras notificações (século XVI) até os mais tardios (na véspera da Abolição), de modo a recuperar diversas faces que evidenciam sua permanência no pós-emancipação e o surgimento ampliado de um campesinato negro nos séculos XX e XXI.


      — Visita com o Curador | Museu Afro Brasil e Unesco Portuguese
      Em 2015, o Museu Afro Brasil recebeu a ilustre visita de Lucien Muñoz, representante da UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) no Brasil. Recepcionado por Emanoel Araujo, diretor-curador do Museu Afro Brasil, o encontro foi gravado e apresenta a percepção do museu a partir do olhar curatorial de uma das figuras mais emblemáticas das artes brasileiras. Prepare a pipoca e assista!


      — CulturaEmCasa | O Museu Afro Brasil nas redes sociais
      Em conjunto com outras instituições culturais vinculadas à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo (SEC-SP), o Museu Afro Brasil participa da campanha #CulturaEmCasa que busca mobilizar os repertórios e alcances das redes sociais das instituições num momento de suspensão das atividades presenciais.
      No caso do Museu Afro Brasil, nossas redes sociais estão compartilhando informações sobre obras de arte e artistas presentes no acervo, exposições, curiosidades, engajamento direto com o público (enquetes, jogos, avaliações), interações (#tbt, repost, compartilhamento), entre outros. Venha com a gente, acompanhe o Museu Afro Brasil.
      Instagram: https://www.instagram.com/museuafrobrasil
      Facebook: https://pt-br.facebook.com/museuafrobrasil.oficial/
      Twitter: https://twitter.com/museuafrobrasil .

      — Campanhas internas | Redes Sociais e publicações do Museu Afro Brasil
      Com o objetivo de ampliar as experiências dos públicos com o museu, elaboramos uma série de campanhas que unificam propostas dos diferentes núcleos do trabalho (educação, pesquisa, salvaguarda, entre outros) e programas da instituição (voluntariado, programas de sócios, CEFAB, etc). Essas publicações têm como proposta criar oficinas, roteiros, contatos e mediações interessantes ao ambiente virtual, aproximando a instituição dos visitantes, divulgando e mantendo ativos os trabalhos do museu.
      Além dos conteúdos criados exclusivamente para redes sociais, o Museu Afro Brasil também compartilha em seu site as publicações elaboradas por seu Núcleo de Pesquisa, são textos que se debruçam sobre importantes questões do acervo, das artes africana e brasileira, lendo-as a luz de análises que mobilizam um vasto repertório teórico s..
      Redes sociais: ver referência anterior.
      http://www.museuafrobrasil.org.br/pesquisa/publicacoes

      — Documentos históricos | Acervo Digital
      Outra iniciativa que faz parte das ações virtuais do Museu Afro Brasil é o compartilhamento de obras e documentos históricos de nosso Acervo Digital. Datados do século XIX ao XX, esses conteúdos englobam cartas de alforria, atas de batismo, fundos de emancipação, contratos de “compra e venda” de escravizados, inventários, matrículas, partilhas, tributações e uma série de diversos outros materiais, manuscritos ou datilografados.
      Soma-se que nesses documentos pertencentes ao museu são descritas características físicas de extrema importância para pesquisadores e interessados nos assunto, como, por exemplo: técnicas de produção, idade e condição de conservação. Os documentos históricos são acompanhados de transcrição, texto de apoio e digitalização.
      http://www.museuafrobrasil.org.br/acervo-digital

       4. ICOM Inernational Council of Museums
      Recomendações para época de pandemia
      http://www.icom.org.br/  

      Prof. Dr. Edson Leite
      Professor Titular
      Museu de Arte Contemporânea | Universidade de São Paulo | MAC-USP
      Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 | 1o. andar
      04094-050 - Ibirapuera - São Paulo - SP