Topic outline

  • Apresentação do Programa da Disciplina

    Atividades realizadas: 

    Apresentação do programa

    Acordos sobre o funcionamento da disciplina, regras e uso de CT

    Sensibilização para o objeto de estudo Educação Alimentar e Nutricional

    TAREFA: Video

    1. Muito Além do peso:  https://www.youtube.com/watch?v=xxWDb-0o3Xk 

    [Analise o documentário, pontuando os problemas subjacentes à obesidade infantil]

    Entregar até 3a feira dia 13 as 21h (Via Alicia)


    Videos para TAREFA EM GRUPO (CT):

    Cada grupo deve ver um filme, fazer:  a) uma sinopse por escrito para entregar e b) um apresentação de 8 minutos em sala de aula

    Data (19/08/2019) Apresentação para a turma e discussão [Das 16 as 18h]

    1. Sugar coated documentary: https://www.dailymotion.com/video/x61x56l Grupo 5

    2. Cowspiracy: O Segredo da Sustentabilidade  Grupo 1 (Youtube)

    4. Food Inc: Grupo 3 (Youtube)

    5. The truth about sugar . New documentary : Grupo 4 (Youtube)

    3. Feedup Grupo 3





    • História das Políticas e Programas de AN e objeto da Educação Alimentar e Nutricional (EAN)

      Aula expositiva: 

      ii.Mudanças alimentares sob diferentes perspectivas
      iii.Histórico de problemas alimentares e políticas de AN no Brasil

      Apresentação da História das Políticas de AN  

      ATIVIDADE; Artigos sobre a aula que devem ser lidos, grifados para estudo. Será material de avaliação. 

      SILVA, Alberto Carvalho da. De Vargas a Itamar: políticas e programas de alimentação e nutrição. Estud. Av. [online]. 1995, vol.9, n.23 [cited  2019-03-11], pp.87-107. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40141995000100007&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40141995000100007.

      VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de. Combate à fome no Brasil: uma análise histórica de Vargas a Lula. Rev. Nutr. [online]. 2005, vol.18, n.4 [cited  2019-03-11], pp.439-457. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732005000400001&lng=en&nrm=iso>. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732005000400001.

      Material complementar da aula: 

      Artigo sobre as músicas que documentam os problemas alimentares e nutricionais (Muito interessante!)

      VASCONCELOS, Francisco de Assis Guedes de; VASCONCELOS, Mariana Perrelli  and  VASCONCELOS, Iris Helena Guedes de. Fome, comida e bebida na música popular brasileira: um breve ensaio. Hist. cienc. saude-Manguinhos [online]. 2015, vol.22, n.3 [cited  2019-03-11], pp.723-741. Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702015000300723&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0104-5970.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59702015000300004.

      Quem foi Josué de Castro - aspectos históricos:  

      Documentário Josué de Castro: https://www.youtube.com/watch?v=CHNcILiJKLM

      Entrevista e análise do pensador Paulo Feire e o método da problematização

      1.Última entrevista com Paulo Freire, 1997 - https://www.youtube.com/watch?v=Ul90heSRYfE

      2. Pensadores na Educação: Paulo Freire e a educação para mudar o mundohttps://www.youtube.com/watch?v=4M69rga5ENo

      História da Saúde Pública no Brasil

      3. História da saúde pública no Brasil  https://www.youtube.com/watch?v=L7NzqtspLpc

      TAREFA para 26/08/2019 

      Leitura do livro Em defesa da comida: Um manifesto do Michel Pollan. 

      Leitura e fichamento [Discussão em sala de aula das 16 as 18h] Material que entrará na avaliação da disciplina. 

      • Novos paradigmas em EAN e conteúdos de programas

        Aula expositiva
        iv.Novos paradigmas
        v.Conteúdos de programas

        Ao final dessas 3 últimas aulas o estudante deve ter o entendimento de que:

         (i) as mudanças alimentares são dinâmicas, históricas e temporais; 

        (ii) que as políticas e programas de EAN são produzidas também a partir desses contextos históricos e que as soluções estabelecidas para os problemas dependem de como esses problemas (alimentares e nutricionais) são analisados e portanto são de cunho político; 

        (iii) que mais consistentemente a partir de 2004, as estratégias têm sido mais abrangentes (Estratégia Global para alimentação saudável e atividade física) e que já se configuram pressões para serem estabelecidas estratégias globais para os problemas alimentares e nutricionais. 

        (iv) é capaz de traçar um programa de EAN fundamentando-se em diretrizes das políticas de alimentação e nutrição. 

        ATIVIDADE: Material referente a aula e que deve ser lido, grifado e estudado. (Será incluído na avaliação). 

        1. EAT-Lancet_Alimento Planeta Saúde [Commission_Summary_Report_Portugese.pdf] 

        https://www.thelancet.com/commissions/global-syndemic

        https://eatforum.org/eat-lancet-commission/

        2. Estratégia Global em Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde OMS

        http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/ebPortugues.pdf

        3. Guia Alimentar para População Brasileira 2006

        http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/guia_alimentar_conteudo.pdf

        4. Guia Alimentar para População Brasileira 2014

        http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf

        4. Princípios e práticas para EAN

        https://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/seguranca_alimentar/caisan/Publicacao/Educacao_Alimentar_Nutricional/21_Principios_Praticas_para_EAN.pdf

        Material Complementar:

        1. Alimentos e bebidas ultraprocessados na América Latina: tendências, efeito na obesidade e implicações para políticas públicas   

         http://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2018/05/Alimentos-e-bebidas-ultraprocessados-na-Am%C3%A9rica-Latina-01.pdf

        Seminário: 

        Apresentação dos filmes (vide tópico 1) que trazem como conteúdo problemas alimentares e nutricionais. 

        ATIVIDADE crédito trabalho: realizar uma síntese coletiva sobre:  

        Conteúdos de Programas de EAN 



        • Marco de referencia de EAN para políticas públicas e Direitos Humanos à Alimentação Adequada

          (i)Marco de referencia de EAN  para políticas públicas

          (ii) Direitos Humanos à Alimentação Adequada

          http://www.mds.gov.br/webarquivos/arquivo/seguranca_alimentar/caisan/Publicacao/Educacao_Alimentar_Nutricional/1_marcoEAN.pdf

          http://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/seguranca_alimentar/DHAA_SAN.pdf

          Curso Direitos Humanos a Alimentação Adequada: https://ideiasnamesa.unb.br/upload/midia/1392831199Apostila_curso_DHAA_e_EAN.pdf

           TAREFA Leitura e fichamento dos capítulos (material que estará na avaliação):

           Gentil, PC; Bandeira, LM; Coutinho, JG. Marco de referencia de EAN para políticas públicas. Conceito, princípios e agenda pública. In: Diez-Garcia, RW e Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Alimentar e Nutricional. Ed Guanabara Koogan, Rio de Janeiro. Pag 73- 78, 2017.

           Cervato-Mancuso, AM.; Vieira, V.L.; Costa, C.G.A. Alimentação como um Direito Humano e as Políticas Sociais Atuais. In: Diez-Garcia, RW e Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Alimentar e Nutricional. Ed Guanabara Koogan, Rio de Janeiro. Pag 79-88, 2017.

          Transferida a TAREFA de 26/08/2019 para 09/09

          Leitura do livro:  Em defesa da comida: Um manifesto. Michel Pollan. Ed. Intrínseca, São Paulo, 2008.

          Leitura e fichamento [Discussão em sala de aula das 16 as 18h] Material que entrará na avaliação da disciplina. 

          TAREFA:  Leitura e fichamento do capítulo para a próxima aula: (PARA O DIA 09/09)

          Diez-Garcia, RW. Mudanças Alimentares e Educação Alimentar e Nutricional. In: Diez-Garcia, RW e Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Alimentar e Nutricional. Ed Guanabara Koogan, Rio de Janeiro. Pag 3-16, 2017.

          TAREFA: Definição de locais para desenvolverem um Programa – GRUPOS

           

          LITERATURA COMPLEMENTAR

          Monteiro CA, Levy RB, Claro RM, Castro IRR, Cannon G. Uma nova classificação de alimentos baseada na extensão e propósito do seu processamento. Cad. Saúde Pública. 2010; 26(11):2039-49.

          Maria Laura da Costa Louzada ... [et al.] Alimentação e saúde: a fundamentação científica do guia alimentar para a população brasileira / -- São Paulo : Faculdade de Saúde Pública da USP, 2019.  132 p. : il. colorhttp://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/download/339/298/1248-1?inline=1



        • Oficina: ODS e Nutrição

          Esta Oficina, ministrada pelo Flávio Martins, visa oferecer aos alunos conhecimento sobre as ODS e como as políticas, programas e ações de Educação alimentar e Nutricional devem contemplar as ODS. 

          Material bibliográfico sobre o tema: 

          Neste site vocês encontrarão o conteúdo ministrado na aula.Agenda 2030:  https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/ 

          Empresas signatárias do Pacto Global - https://www.unglobalcompact.org/what-is-gc/participants

          Transforming our world !the 2030 Agenda for  Sustainable Development


        • Conteúdo e diagnóstico para programas de EAN

          Parte 2 da aula do dia 9/9 foi desenvolver mapas conceituais sobre as leituras  (das tarefas solicitadas na aula anterior) realizadas e discutir a aplicabilidades para programas de EAN. 

          TAREFA: Ler o texto anexo para realização de atividade em sala de aula. 

        • Determinantes do consumo alimentar e Alimentação e cultura

          Aula Determinantes do consumo alimentar. Exercício.  Carina Palazzo 

          Aula Alimentação e Cultura: Aquecimento - discussão sobre o texto "Os Sonaciremas" e aula expositiva

          TAREFA: Leitura e grifar partes importantes do texto 

          Leitura 

          Contento, IR. Nutrition Education. Cap. An overview of food choices and dietary changes: implications for nutrition education. Linking Research, theory and practice. Jones and Bartlett Publishers. 2011. Pag 28-49. 

          Sobal, J and Bisogni, CA. Constructing Food Choice Decisions. Ann. Behav. Med. (2009) 38 (Suppl 1):S37S46.

          Para ampliar o tema Alimentação e Cultura fazer a leitura do texto:  Daniel, JMP e  Cravo, VZ- Valor social e cultura da alimentação. In Canesqui, AM e Garcia, RWD. Antropologia e Nutrição: um diálogo possível. Ed Fiocruz 2005. Pags 57-68 [Disponível na Internet - Buscar pelo livro]



        • Programas de EAN

          O objetivo desta aula foi analisar  o programa "Culinária, Saúde , prazer" como modelo de programa (Estudo de caso)  para trabalhar com os diferentes aspectos de um programa de EAN. 

          a)     Qual o motivo alegado para romper com o formato no enfoque técnico e propor outro modelo? Qual modelo proposto?

          b)     Como foi a organização do programa? Qual o seu objetivo?

          c)     O que v. entendeu por eixo estruturante? Qual o eixo estruturante do projeto? Quais as justificativas para tal eixo?

          d)     Por que foi feito grupo focal? Quais elementos emergiram deste?

          e)     Como foi feita a avaliação? Como v. justificaria esse modelo de avaliação? 

          f)      Quais os aspectos inovadores do programa?

          Tarefa: Ler o texto que diz respeito ao Vídeo “Culinária, saúde e prazer” e  responder ao questionário abaixo. O questionário traz os elementos para a construção de um programa. Estes irão ser trabalhados nas aulas posteriores.

          Referência:

          Castro, IRR, Souza TSN, Maldonado LS, et al. A culinária na promoção da alimentação saudável: delineamento e experimentação de método educativo dirigido a adolescentes e a profissionais das redes de saúde e de educação. Rev Nutr. Campinas. 2007; 20(6): 571-88.

          a)     Por que e para que é necessário um referencial teórico? Apontar o referencial teórico do programa e discutir pressupostos.

          b)     Como se estrutura um programa? Etapas, objetivo do programa e das etapas, público.

          c)     Conteúdo das oficinas: número de participantes e elementos de cada sessão / objetivos. Como o conteúdo das oficinas se articulam com os pressupostos do programa e com o referencial teórico?

          d)     Infraestrutura e equipe.

          e)     Eixos transversais do programa proposto. Para que servem os eixos do programa?

          f)      Discussão dos resultados.

          g)     Críticas /conclusão.


        • Elaboração de Programas de EAN

          Cervato-Mancuso, A. Elaboração de programas educativos em Alimentação e Nutrição. In: In: Diez-Garcia, RW; Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Nutricional. RJ: Guanabara Koogan; 2017: 174-180.

          Pava-Cárdenas, A., Vieira, VL, Alzate-Yepes, T, Cervato-Mancuso, AM. Concepções e aplicações da avaliação de processo educativo. In: Diez-Garcia, RW; Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Nutricional. RJ: Guanabara Koogan; 2017: 373-382.

          Gomes, FS. A construção de recomendações em alimentação e nutrição e o diálogo entre saberes.  In: Diez-Garcia, RW; Cervato-Mancuso, AM. Mudanças Alimentares e Educação Nutricional. RJ: Guanabara Koogan; 2017: 34-43.


          • Trabalhos finais

            Adicionar a  parte teórica e a apresentação dos trabalhos.

          • Comentários gerais

            Caros alunos, 

            Foi um prazer esse período de convívio. Interesse, participação, reflexões que surgiram foram muito instigantes para gerar discussões e acredito que serão profissionais comprometidos com a compreensão dos problemas alimentares e nutricionais da nossa população. Gostei muito das apresentações dos trabalhos. 

            Um abraço 

            Rosa