Programação

  • FUNDAMENTOS EM BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

    EMENTA


    Estudo de noções fundamentais que dão sustentação aos campos da Biblioteconomia,  Documentação e Ciência da Informação. Com base em literatura da área, a disciplina tem em vista compreensões acerca de contextos de surgimento e desenvolvimento dos referidos  campos, a partir de perspectivas  que implicam a Memória Cultural, a Informação e seus dispositivos de mediação cultural (bibliotecas, centros de documentação etc...)


    OBJETIVOS

    1. Introduzir o aluno na cultura do campo da Biblioteconomia, tendo em vista sua participação  crítica e criativa na cadeia de produção de conhecimentos teóricos e práticos específicos e especializados, como futuro profissional da área;
    2. Possibilitar a apropriação de referenciais da área (concepções, dispositivos, protagonistas), indispensáveis aos processos de significação das relações entre os referidos campos e os fenômenos e  dinâmicas socioculturais que as envolvem;
    Estimular o pensamento crítico-reflexivo do aluno em relação ao seu campo de conhecimento,   tendo em vista processos, lógicas e dinâmicas de recriação da Biblioteconomia,  na contemporaneidade.


    PROGRAMA

    Invenção da escrita e memória cultural

    Os registros móveis e a formação de coleções

    Bibliotecas e Biblioteconomia: relações

    Marcos da Biblioteconomia: Naudé, Hesse, Ranganathan

    Arquivologia e Museologia: elementos essenciais

    Marcos da área da Documentação: Otlet

    Ciência da Informação: natureza e contextos de origem

    A formação em Biblioteconomia

    Ambientes de atuação profissional do bibliotecário

     

    METODOLOGIA: aulas expositivas, foruns de discussão dos textos e demais materiais indicados para as aulas, seminários em grupo

    Seminários: em grupos de 3 a 5 alunos. A turma deverá ser repartida de modo a que todos os temas sejam apresentados.

    Temas:

    Seminário I - Arquivologia e Museologia: disciplinas afins da Biblioteconomia

    Seminário II - Vertentes da formação profissional: École de Chartes e Escola de Chicago

    Seminário III - Regulamentação da profissão, código de ética, associações e conselhos profissionais

    Seminário V - Formação continuada do profissional bibliotecário: Organismos nacionais e internacionais e eventos profissionais e científicos nacionais relevantes na área


    AVALIAÇÃO:

    Somatória de pontos dos 3 itens:

    Frequência e participação em sala de aula (2 pontos)

    Seminário: (3 pontos)

    Trabalho individual final (5 pontos)

     

    TRABALHO FINAL (VERIFICAR AULA 13)

    Parte I: Breve relatório sobre o teor de cada uma das aulas

    Parte II: Síntese e comentários sobre um dos  itens listados na aula 13.

    PARTE III – Conclusões: “A partir dos estudos realizados, como o aluno vê a área da biblioteconomia, no presente e no futuro?”

    • 06 março (a 10/03)

      Semana de Recepção aos Calouros

      • Aula 1 - 13 de março

        Apresentação do Curso de Biblioteconomia aos Calouros

        Tarefa 1: Visita à Biblioteca da ECA


      • Aula 2 - 20 de março

        Parte I: Apresentação da disciplina

        Apresentação do  programa de estudos, da metodologia de trabalho e do sistema de avaliação da disciplina

        - Sobre o método de estudo: Leitura e discussão do texto: o ato de estudar, Paulo Freire

        - A plataforma moodle: base de informação, de comunicação, repositório dos materiais didáticos

        - Sobre a noção de Fundamentos de uma área de conhecimento

        - Sobre a visita à biblioteca da ECA

         

         Parte II: Escrita: o registro do pensamento

        Texto:

        HIGOUNET, C. A escrita, expressão gráfica da linguagem. In: ______. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. p. 9-28. 

        • Aula 2 - Apresentação do curso Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • HIGOUNET, C. A escrita, expressão gráfica da linguagem. In: ______. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. p. 9-28. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Apresentação - Escrita: o registro do pensamento Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 3 - 27 de março

        Objetos culturais e as primeiras coleções: as primeiras bibliotecas

        Texto:

        JACOB, Christian. Ler para escrever: navegações alexandrinas. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000.  p.45-73


        • JACOB, Christian. Ler para escrever: navegações alexandrinas. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000. p.45-73 Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Aula 3 - Objetos culturais e as primeiras coleções: as primeiras bibliotecas Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 4 – 03 de abril

        Bibliotecas medievais: um modelo bibliotecário de conservação e controle do conhecimento

        Texto:

        MARTINS, Wilson. As bibliotecas na Antiguidade e na Idade Média. In: _______.  A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 2.ed. São Paulo : Ática, 1996. p.82-92

        Filme: O nome da rosa (disponível na biblioteca da ECA)

      • Aula 5 – 17 de Abril

        Das bibliotecas à Biblioteconomia: as contribuições de Gabriel Naudé

         

        Textos

        REVEL, Jacques. Entre dois mundos: a biblioteca de Gabriel Naudé.  In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000.  p.218-224

        BIBLIOTECA Nacional. Catálogo das obras históricas do campo da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : BN, 2013.Disponível em: http://www.bn.br/portal/arquivos/pdf/LivrosRarosDeBiblioteconomiaCatalogoRev.pdf Acesso em: março 2013.


        • REVEL, Jacques. Entre dois mundos: a biblioteca de Gabriel Naudé. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • BIBLIOTECA Nacional. Catálogo das obras históricas do campo da Biblioteconomia. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Aula 5 - Das bibliotecas à Biblioteconomia: as contribuições de Gabriel Naudé Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Aula 5 - Das bibliotecas à Biblioteconomia: as contribuições de Gabriel Naudé Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 6 - 24 de abril

        Biblioteconomia: objeto e princípios

        Textos:

        LAHARY, Dominique. Bibliothéconomie. In : CACALY, Serge, dir. Dictionnaire

        encyclopédique de l´information et de la documentation. Paris : Nathan, 1997. p.78-81

        (versão em português)

        CONSTANTIN, A-L. Bibliothèconomie, ou nouveau manuel complet pour l´arrangement, la conservation e l´administration des bibliothèques. Paris : La Librerie Encyclopedique de Roret, 1841. Versão digital open library disponível em:

        http://www.archive.org/stream/bibliothconom00hess#page/40/mode/2up  


        • LAHARY, Dominique. Bibliothéconomie. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • CONSTANTIN, A-L. Bibliothèconomie, ou nouveau manuel complet pour l´arrangement Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Aula 6 - Apresentação Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 7 - 08 de maio

        Biblioteconomia moderna: as contribuições de Melvil Dewey e de Ranganathan

        Textos:

        SAYERS, W.C. Berwick. Introdução à primeira edição. In: RANGANATHAN, S.R. As cinco leis da Biblioteconomia. Brasília, DF : Briquet de Lemos Livros, 2009. p. xxi-xxv  (DISPONÍVEL NA BIBLIOTECA - VERIFICAR RESERVA TÉCNICA DA PROF. IVETE)

         

        Textos complementares

        FIGUEIREDO, N. A modernidade das 5 leis de Ranganathan. Ci. Inf., Brasília, 21(3): 186-191, set./dez. 1992. Disponível em: http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/download/1277/911  Acesso em: 12 fev 2015

        BARBOZA, A. P. Teoria e prática dos sistemas de classificação. Rio de Janeiro : IBBD, 1969.

         


        • FIGUEIREDO, N. A modernidade das 5 leis de Ranganathan. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • SAYERS, W.C. Berwick. Introdução à primeira edição. Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Apresentação - Biblioteconomia moderna: as contribuições de Melvil Dewey e de Ranganathan Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 8 – 15 de maio

        Documentação: objeto e princípios

        BRADFORD, S. C. Natureza, origem e finalidade da documentação. In: ______. Documentação. Rio de Janeiro:Fundo de Cultura, c1961. p. 68-77  


        • BRADFORD, S. C. Natureza, origem e finalidade da documentação Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
        • Apresentação - Documentação: objeto e princípios Arquivo
          Restrito Disponível se: Você faz parte de qualquer grupo
      • Aula 9 – 22 de maio

        Documentação no mundo e no Brasil: as contribuições  de Briet, Gardin, Smit

        Texto:

        SMIT, J.W. O que é documentação?. São Paulo : Brasiliense, 1986. 


      • Aula 10 - 29 de maio

        Ciência da Informação: objeto e princípios

        Textos:

        BRAGA, G. M. Informação, ciência da informação: breves reflexões em três tempos. Ciência da Informação, v.24, n. 1, 1995. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/612/614 Acesso em: 06 janeiro 2014.

        BORKO, Harold. Information science: what is it? American Documentation, jan. 1968. 5p.

        BUSH, Vannevar. As we may think (cópia xerox) (versão completa em inglês)  http://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/


      • Aula 11 – 05 de junho

        Biblioteconomia no Brasil: princípios e trajetórias da formação no país

         

        Textos:

        ALMEIDA, Neilia Barros Ferreira de Almeida; BAPTISTA, Sofia Galvão Baptista.  Breve histórico da Biblioteconomia brasileira: formação do profissional. Disponível em:

        MUELLER, S. Avaliação do estado da arte da formação em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Ciência da Informação, Brasília, v.17, n.1, p. 71-81, jan./jun. 1988.

        CASTRO, Carlos Augusto. Histórico e evolução curricular na área de Biblioteconomia no Brasil. In: VALENTIM, Marta Lígia. Formação do profissional da informação, coord. São Paulo : Polis, 2002. p. 25-48

        SOUZA, F. C. A escola de biblioteconomia e a ancoragem da profissão de bibliotecário. Informação & Sociedade: Estudos, v. 11, n. 2, p. 125-144, 2001. Disponível em: <http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/v/a/1436>. Acesso em: 25 Jan. 2017.


      • Aula 12 – 12 de junho

        Seminário I

        Tema: Arquivologia e Museologia: disciplinas afins da Biblioteconomia

        MANHÃ

        Amanda Lumi Sugimoto

        Gabriela Natalie

        Ilze Ito

        Lívia Cristina

        Nathalia Zaneratto


        NOITE

        Meire

        Ting

        Max

        Suely Lucena

        Jéssica 

        Raphaela Julia


      • Aula 13 – 19 de junho

        Seminário II

        Tema: Vertentes da formação profissional: École de Chartes, Columbia School of Library Economy, a Escola de Biblioteconomia de Chicago

        MANHÃ

        Hélio Rosa 

        Nathalia Escarlate

        Plínio Eliza Duarte

        Andrezza Andrade


        NOITE

        Gabriel Lima Ferreira

        Carlos Henrique Almeida

        Cida Azevedo

        Mariana Ribeiro Petito

        Marlon 

        Eduardo Marquioli

      • 19 de junho: ENTREGA DOS TRABALHOS INDIVIDUAIS

        Parte I: Breve relatório sobre o teor de cada uma das aulas

        Parte II: Síntese e comentários sobre um dos  itens abaixo, à escolha do aluno.

        BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000. 

        BARBOZA, A. P. Teoria e prática dos sistemas de classificação. Rio de Janeiro : IBBD, 1969.

        BATTLES, M. A conturbada história das bibliotecas. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2003.

        BRADFORD, S. C. Documentação. Rio de Janeiro:Fundo de Cultura, c1961.

        BUTLER, P. Introdução à ciência da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : Lidador, 1971.

        CASTRO, C.A., org. Ciência da Informação: múltiplos discursos. São Luís : EDUFMA, 2002

        CASTRO, Carlos Augusto. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília : Thesaurus, 2000.

        DARNTON, R. A questão dos livros. São Paulo : Companhia das Letras, 2010.

        FONSECA, E. N. da. Introdução à Biblioteconomia. Brasília : Briquet de Lemos/Livros, 2007. 

        GUINCHAT, C.; MENOU, M. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação.  Brasília : MCT/CNPq/IBICT, 1994.

        HIGOUNET, C. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola Editorial, 2LE COADIC, Y-F. A Ciência da informação. Brasília – DF: Briquet de Lemos Livros, 2004.

        LOPES YEPES, J. Diccionario enciclopédico de las ciencias de la documentación. Madrid : Editorial Sinteses, 2004. v.2

        MARTINS, Wilson. A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 2.ed. São Paulo : Ática, 1996.

        Mc GARRY, K. O contexto dinâmico da informação. Brasília/DF : Briquet de Lemos/Livros, 1999.

        MILANESI, L.A. Biblioteca? São Paulo : Brasiliense, 2002.

        OLIVEIRA, M. coord. Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Florianópolis : Editora UFMG, 2005.

        ORTEGA y GASSET, J. Misión del bibliotecario : y otros ensayos afines. Madrid : Revista de Occidente, 1967.

        OTLET, P. El tratado de documentación: el libro sobre el libro: teoria y pratica.Murcia : Universidad de Murcia, 2007.

        RANGANATHAN, S. R. As cinco leis da Biblioteconomia. Brasília,DF : Briquet de Lemos/Livros, 2009.

        RUSSO, M. Fundamentos em Biblioteconomia e Ciência da Informação. Rio de Janeiro : E-papers Serviços Editoriais, 2010. SILVA, A. M.; RIBEIRO, F. Das ciências documentais à ciência da informação. Porto :  Edições Afrontamento, 2002. 174p. 

         

        PARTE III – Conclusões: “A partir dos estudos realizados, como o aluno vê a área da biblioteconomia, no presente e no futuro?”




        • Aula 14 – 26 de junho

          Seminário III

          Tema: Regulamentação da profissão, código de ética, associações e conselhos profissionais

          MATUTINO:

          Fernando Azambuja, Helio Ohmaye, Gabriela Brancaglion Alfonso, Cícera Gomes e Samayra Paz.



          NOTURNO:




          Seminário IV

          Tema: Formação continuada do profissional bibliotecário: Organismos nacionais e internacionais e eventos profissionais e científicos nacionais relevantes na área


        • Aula 15 – 03 de julho

          Encerramento da disciplina: avaliação de resultados (aproveitamento dos alunos e da disciplina)

          • Bibliografia de apoio

            ALMEIDA Jr., O. F. Formação, formatação: profissionais da informação produzidos em série. 

            In: VALENTIM,  M. L. Formação do profissional da informação (coord.) São Paulo : Polis, 2002. p. 133-148.

            AQUINO, M. de A., org. O campo da Ciência da Informação: gênese, conexões e

            especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002.

            BATTLES, M. A conturbada história das bibliotecas. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2003.

            BIBLIOTECA Nacional. Catálogo das obras históricas do campo da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : BN, 2013.Disponível em: http://www.bn.br/portal/arquivos/pdf/LivrosRarosDeBiblioteconomiaCatalogoRev.pdf Acesso em: março 2013.

            BORKO, Harold. Information science: what is it? American Documentation, jan. 1968. 5p.

            BRADFORD, S. C. Natureza, origem e finalidade da documentação. In: ______. Documentação. Rio de Janeiro:Fundo de Cultura, c1961. p. 68-77  

            BRAGA, G. M. Informação, ciência da informação: breves reflexões em três tempos. Ciência da Informação, v.24, n. 1, 1995. Disponível em: file:///C:/Users/IVETE/Downloads/534-1162-1-PB%20(1).pdf. Acesso em: 06 janeiro 2014.

            BUSH, Vannevar. As we may think (cópia xerox) (versão completa em inglês) Disponível em: http://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/

            BUTLER, P. Introdução à ciência da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : Lidador, 1971.

            CACALY, Serge, dir. Dictionnaire encyclopédique de l´information et de la documentation. Paris : Nathan, 1997.

            CALENGE, B. Peut-on définir la bibliothéconomie ? Bulletin des bibliothèques de France Disponível em: http://bbf.enssib.fr/consulter/bbf1998020008001  (versão adaptada em português por  Ivete Pieruccini)

            CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v.12, n.1, p.148-207, jan./abr. 2007.

            CASTRO, C.A., org. Ciência da Informação: múltiplos discursos. São Luís : EDUFMA, 2002

            CASTRO, Carlos Augusto. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília : Thesaurus, 2000.

            CASTRO, Carlos Augusto. Histórico e evolução curricular na área de Biblioteconomia no Brasil. In: VALENTIM, Marta Lígia. Formação do profissional da informação, coord. São Paulo : Polis, 2002. p. 25-48

            CONSTANTIN, A-L. Bibliothèconomie, ou nouveau manuel complet pour l´arrangement, la conservation e l´administration dês bibliothèques. Paris : La Librerie Encyclopedique de Roret, 1841. Versão digital open library disponível em:

            http://www.archive.org/stream/bibliothconom00hess#page/40/mode/2up Axesso em: mar 2013

            CUNHA, M.B.; CAVALCANTI, C.R.O. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília : Briquet de Lemos, 2008

            DARNTON, R. A questão dos livros. São Paulo : Companhia das Letras, 2010.

            FIGUEIREDO, N. A modernidade das 5 leis de Ranganathan. Ci. Inf., Brasília, 21(3): 186-191, set./dez. 1992. Disponível em: revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/download/1277/911. Acesso em: 12 fev 2012

            FONSECA, E. N. da. Introdução à Biblioteconomia. Brasília : Briquet de Lemos/Livros, 2007. FONSECA, E.N. Ciência da Informação e prática bibliotecária. Ciência da Informação, v.16, n.2, 1987. Disponível em: http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewArticle/1464 Acesso em 10 jan 2010

            GUIMARÃES, J.  A. de. Moderno profissional da informação: elementos para sua formação no Brasil. Disponível em: <http://www.congreso-info.cu/UserFiles/File/Info/Info97/Ponencias/007.pdf> Acesso em: 15. fev. 2008

            GUINCHAT, C.; MENOU, M. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação.  Brasília : MCT/CNPq/IBICT, 1994.

            HIGOUNET, C. A escrita, expressão gráfica da linguagem. In: ______. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. p. 9-28. Disponível em: http://minhateca.com.br/smolesk1917/Galeria/LIVROS+DIVERSOS/HISTORIA/HISTORIA+HISTORIA+CONCISA+DA+ESCRITA,110694691.pdf Acesso em: jan 2015

            JACOB, Christian. Ler para escrever: navegações alexandrinas. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000.  p.45-73

            LAHARY, D. Bibliothéconomie. In : CACALY, Serge, dir. Dictionnaire encyclopédique de l´information et de la documentation. Paris : Nathan, 1997. p.78-81

            LE COADIC, Y-F. A Ciência da informação. Brasília – DF: Briquet de Lemos Livros, 2004.

            LE COADIC, Y-F. Princípios científicos que direcionam a ciência e a tecnologia da informação digital. Transinformação, Campinas, 16 (3): 205-213, set./dez.2004.

            LOPES YEPES, J. Diccionario enciclopédico de las ciencias de la documentación. Madrid : Editorial Sinteses, 2004. v.2

            MARTINS, Wilson. As bibliotecas na Antiguidade e na Idade Média. In: _______.  A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 2.ed. São Paulo : Ática, 1996. p.82-92

            Mc GARRY, K. O contexto dinâmico da informação. Brasília/DF : Briquet de Lemos/Livros, 1999.

            MILANESI, L.A. Biblioteca? São Paulo : Brasiliense, 2002.

            NAUDÉ, G. Advis pour dresser une bibliothèque. Réproduction de l’édition de 1644 precedée de L’Advis, manifeste de la bibliotèque érudite, par C. Jolly. Paris : Alain Baudry et Cie., 2010. (a ser explorado em sala de aula)

            OCHANDO, Manoel B. História da Ciência da Documentação. Disponível em: http://ccdoc-histccdocumentacion.blogspot.com.br/search/label/10.-%20Evoluci%C3%B3n%20del%20Concepto%20Documentaci%C3%B3n Acesso em: 20 jan 2015

            ODDONE, N. O IBBD e a informação científica: uma perspectiva histórica para a ciência da informação no Brasil. Ci. Inf., Brasília, v. 35, n. 1, p. 45-56, jan./abr. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a06.pdf. Acesso em: 10 jan. 2016

            OLIVEIRA, M. coord. Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Florianópolis : Editora UFMG, 2005.

            ORTEGA y GASSET, J. Misión del bibliotecario : y otros ensayos afines. Madrid : Revista de Occidente, 1967. 183p.

            ORTEGA, C. D. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. Revista de Ciência da Informação, v.5, n.5, out. 2004. Disponível em: http://www.dgz.org.br/out04/Art_03.htm Acesso em jan. 2009

            OTLET, P. El tratado de documentación: el libro sobre el libro: teoria y pratica.Murcia : Universidad de Murcia, 2007.

            POMIAN, K. Coleção. In:________ . Enciclopédia Enaudi: Memória/ História. Lisboa: Imprensa Nacional casa da Moeda, 1982.

            RANGANATHAN, S. R. As cinco leis da Biblioteconomia. Brasília,DF : Briquet de Lemos/Livros, 2009.

            RIBEIRO, F. Informação: um campo uno, profissões diversas? Disponível em:  http://badinfo.apbad.pt/congresso8/convidado4.pdf. Acesso em: 15 janeiro 2009.

            RIBEIRO, Fernanda. Informação: um campo uno, profissões diversas? Disponível em: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/14052/2/informacao000073260.pdf Acesso em: 20 ago 2014

            RIBEIRO, L. V. Gênese da Ciência da Informação: os sinais enunciadores da nova era. In: AQUINO, M. de A., org. O campo da Ciência da Informação: gênese, conexões e especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002. p. 61-86

            SANTOS, P. de M. L. Paul Otlet: um pioneiro da organização das redes mundiais de tratamento e difusão da informação registrada. Ciência da Informação, v.36, n.2, p.54-63, maio/ago, 2007.

            SHERA, J. H. Sobre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. In: GOMES, H. E., org. Ciência da Informação ou informática? Rio de Janeiro : Calunga, 1980. p. 91-105.

            SHERA, J.; EGAN, M. Exame atual da Biblioteconomia e da Documentação. In: BRADFORD, S.C. Documentação. Rio de Janeiro : Fundo de Cultura, 1961. p.15-61

            SILVA, A. M.; RIBEIRO, F. Das ciências documentais à ciência da informação. Porto :  Edições Afrontamento, 2002. 174p. 

            SMIT, J. W. Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia: o que agrega estas atividades profissionais e o que as separa? Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários/FEBAB, Nova Série, v.1, n.2, 27-36, 1999-2000.

            SMIT, J. W. Arquivologia/biblioteconomia: interfaces da Ciência da Informação. I n f . I n f . , L o n d r i n a , v . 8 , n . 1 , j u n . / d e z . 2 0 03 Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/viewFile/1713/1464>

            SMIT, J.W. O documento audiovisual ou a proximidade entre as 3 marias. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, v.26, n1/2, p.81-5, 1993.

            SMIT, J.W. O que é documentação?. São Paulo : Brasiliense, 1986.

            SOUZA, C.M. Desenvolvimento e requalificação profissional: desafios profissionais do século XXI. Disponível: <http//www.utem.cl/deptogestinfo/12.ok.doc>

            SOUZA, F. C. Com o que olhar para o novo milênio? In: _____. O ensino da Biblioteconomia no contexto brasileiro: século XX. Florianópolis : Editora UFSC, 2009. p. 151-167.

            VALENTIM, M. P. coord.. Atuação profissional na área da informação. São Paulo : Polis, 2004.

            VALENTIM, M. P. coord.. Formação do profissional da informação. São Paulo : Polis, 2002.

            YAMASHITAFUJI,  R. Y. As ciências auxiliares como disciplinas curriculares no primeiro curso de Biblioteconomia do Brasil: 1911-1962. São Paulo. 2014. 44f. Trabalho de Conclusão de Curso – Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2014. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/textos/tc3234-yamashitafuji.pdf. Acesso em: 20 nov 2015.

            ZAHER, C.R. Da documentação à informática. In: SEMINÁRIO SOBRE DOCUMENTAÇÃO E INFORMÁTICA, 1971. Rio de Janeiro : Fundação Getúlio Vargas, 1974. Disponível em: www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/include/getdoc.php?id-629